CTE 2015 – Alunos do 4º, 5º e 6º anos escreverão cartas sobre participação dos adultos na vida escolar

Voltado a alunos e professores das redes públicas de ensino dos municípios que fazem parte do programa Parceria Votorantim pela Educação – PVE, o Concurso Tempos de Escola – CTE 2015 tem como objetivo incentivar a escrita e a reflexão sobre a importância da educação na formação cidadã. Em sua sétima edição, o certame tem como tema Grandes atitudes pela educação, que visa promover as 5 Atitudes pela Educação, campanha do movimento Todos pela Educação.

A participação dos estudantes no concurso divide-se em quatro categorias, determinadas de acordo com a etapa educacional. Alunos do 4º, 5º e 6º anos do Ensino Fundamental concorrem na Categoria 1, que propõe a escrita de cartas aos adultos – pais, familiares ou responsáveis – sobre a importância da participação na vida escolar das crianças.

A professora Eliane Silva Pereira Gonçalvez, que, na edição de 2014 do CTE, recebeu o prêmio Destaque Nacional, oferecido aos professores orientadores, conta que, além de trabalhar as características do gênero carta em sala de aula, os alunos da EM Santa Rita, de Barra Mansa (RJ), também discutiram a fundo o tema pedido. “Como a proposta pedia uma carta convidando alguém para conhecer a cidade do aluno, primeiro a gente apresentou os pontos turísticos de Barra Mansa, falou sobre o que tem de bom na cidade. Trabalhamos o gênero textual carta e, a partir disso, pedimos que os alunos pensassem em alguém que eles conhecessem, que não morasse em Barra Mansa, para escrever para essa pessoa”, lembra.

A professora procura incentivar os alunos a participarem do concurso. “Só ganha quem participa”, diz. “Muitos dos problemas que temos hoje na escola refletem o dia a dia da criança em casa, refletem como é o convívio familiar. Sabemos que as crianças são o espelho dos adultos, que têm total responsabilidade em relação à formação das crianças”, observa.

Orientadora dos alunos da EEB Isidoro Silva, do município de Anita Garibaldi (SC), a professora Ires Fontana Ramos Matos conta que, na última edição do CTE, na qual foi premiada como Destaque Municipal, começou apresentando o tema do concurso aos alunos e, mais tarde, buscou trabalhar o gênero textual pedido. “Fizemos diversas atividades, os alunos escreveram cartas, lemos com eles e, depois, fomos mais especificamente para o gênero carta de apresentação, pois a carta pode ter várias formas. Pedimos que os alunos imaginassem que estariam convidando as pessoas a virem visitar e conhecer o município e, a partir daí, pensassem em como apresentariam o município para chamar a atenção das pessoas. Falamos sobre os lagos, sobre o que a cidade tem de melhor ser a afetividade das pessoas, a hospitalidade. Os alunos escreveram as cartas e então revisamos os textos com eles, que os reescreveram corrigindo, melhorando frases e conferindo a ortografia”, conta.

Para a professora, é muito importante fazer com que os alunos tenham o máximo de contato possível com o gênero pedido para que possam perceber as características desse tipo de texto e, por fim, escrever tendo em vista essas características. “Eles têm que ter bastante contato com o gênero para entender o que é uma carta, como se escreve uma, quais os elementos de uma carta. De outra forma, fica difícil para eles escreverem em qualquer gênero textual. Eles precisam ter acesso a vários textos, conhecer bem antes de escrever”, diz.

Entusiasmada com o tema proposto ela edição deste ano do CTE, a professora considera fundamental a participação dos pais na vida escolar, algo que, segundo ela, muda completamente a maneira como o aluno encara seu próprio estudo. “O aluno percebe que tem alguém, além da professora e da escola, que está preocupado com que ele aprenda e que valoriza o que ele aprende. A escola, a família e os pais têm que andar juntos”, observa.

Como participar

Na carta que escreverão para participar do CTE 2015, os alunos poderão descrever situações cotidianas nas quais a participação dos adultos contribui para sua formação. Além disso, podem dar ideias aos adultos sobre como apoiar as crianças na vida escolar ou falar sobre como os hábitos de sua família os inspiram a ler e estudar. No Guia de Orientações para Educadores, disponível para download por este link, professores, coordenadores e gestores escolares poderão encontrar orientações específicas sobre como planejar e realizar atividades de produção e de revisão dos textos dos alunos.

O regulamento completo do Concurso Tempos de Escola 2015 pode ser acessado por meio deste link e as inscrições devem ser feitas por esta página. O período de inscrições vai até o dia 17 de julho e, em caso de dúvidas, basta escrever paracontato@blogeducacao.org.br.

Bernardo Vianna / Blog Educação

Publicado em Concurso Tempos de Escola, Edição 2015, Notícias, Parceria Votorantim Pela Educação Marcado com:

Comentários

Facebook

Twitter

O conteúdo da página "CTE 2015 – Alunos do 4º, 5º e 6º anos escreverão cartas sobre participação dos adultos na vida escolar | Blog Educação", disponibilizado no website Blog Educação está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.